Transmitindo valores na educação

Um dos meus maiores desafios na vida é saber ser mãe, ser a mãe que minhas filhas precisam, sem perder a minha identidade enquanto mulher…. e vivo isso diariamente, com elas e nas sessões no consultório, afinal muitas pessoas vivem o mesmo dilema que eu… Pensando nisso, vou postar uma série de informações sobre essa […]

Validação Emocional

De acordo com algumas teorias da terapia cognitiva construtivista, muitas vezes sentimos emoções primárias, absolutamente normais, e essas emoções acabam sendo invalidadas ❌ pelo ambiente onde vivemos. Nessas situações, podemos criar pensamentos 💭 acerca das emoções primárias, como: “Sou um fraco por me sentir triste 😢 ”; “Sou uma pessoa má por sentir raiva 😡”, […]

O que a raiva comunica?

Tanto a birra quanto a reação agressiva (gritos, xingamentos, explosões, agressões) são manifestações de raiva 😡! Sentimos raiva quando estamos incomodados com alguma coisa, essa é a 📣 comunicação que tais manifestações querem fazer!Por mais que a reação seja exagerada e/ou fora de propósito existe um incômodo ali e tentar ignorar esse fato não vai resolver a situação…. […]

Você sabe dar limite?

O limite é importante porque delimita as regras de convivência, até onde o outro pode ir, sem me invadir…. Muitas vezes damos espaço para o parceiro, familiares ou amigos irem além dos nossos limites, queremos ser aceitos ou evitar brigas e discussões e vamos nos levando por esses ganhos secundários… E acabamos acreditando que estamos […]

Defina seus ganchos mentais!

A nossa mente discute internamente sobre uma determinada situação e ela fica confusa, e é nesse ambiente de confusão que realizamos o que não devemos fazer… É importante colocarmos um limite, aquele que não devemos ultrapassar. O limite nos ajuda a entender a partir de que momento eu perco o controle e, principalmente o que […]

Reações

Essa palavra está invadindo constantemente a minha mente ultimamente… Nossa vida se baseia em relações, e, quando nos relacionamos, levamos um pouco da gente e recebemos um pouco do outro, correto?! Pois bem, nesta troca muitas vezes ignoramos ou distorcemos as reações. Nossa pista se existe algo errado na relação é a reação do outro… […]